Plausible é um competidor do Google Analytics, sem a necessidade de expor os dados dos seus visitante para uma empresa qualquer. E recentemente eles mudaram a licença do produto para APGL, e explicam o porque.

Embora eu precise admitir que eu não sou fã do tom de "EMPRESAS VÃO ROUBAR O SEU CÓDIGO!", existe um outro ponto que precisamos considerar: E se alguém começar a agir como intermediário do seu projeto para alguns usuários? Será que eles vão saber que existe outro alguém trabalhando nele? E melhorias? Você não gostaria que pessoas usando o seu produto tivessem uma experiência melhor?

Claro, podemos ignorar esses problemas e não nos importarmos com o que as pessoas fazem. E daí que uma empresa pega o seu trabalho e ganha dinheiro com ele? Você não se importa. Ok. Mas isso me dá a impressão que você não se importa com o que você fez. Você não se importa com o seu produto. E se você não se importa, porque eu iria me importar? Porque eu deveria me importar com você, pra começo de conversa?

(Tá, eu sei: Eu estou sendo malvado. Que seja.)

Mas esse é o ponto, certo? Digo, eu escrevi um software. Eu gosto dele. Ele resolve meu problema. Eu espero que outras pessoas gostem também. E só não quero que uma entidade sem rosto venha, pegue meu software, faça algumas alterações e tranque os usuários no sistema delas -- algo que eu, inadvertidamente, ajudei a construir. Eu ajudei a trancar os dados de outras pessoas num produto que eles não tem ideia de que podem tirar seus dados de lá.

"Não é todo mundo que sabe programar, e daí?" Sim, não é todo mundo que vai conseguir pegar meu script em Python ou C ou Rust ou Java e mudar alguma coisa para resolver o problemas deles -- pense em alguém querendo acertar o Firefox pra encaixar no que eles precisam. Mas todo mundo conhece alguém que sabe programar. Eles podem pedir para essa pessoa para fazer a alteração. Eles podem pagar para que essa pessoa faça uma mudança para que o software funcione melhor para eles. Mas, para isso, eles precisam ter acesso ao código. Se uma entidade sem rosto pega o código, faz alterações, cria um lock-in e a minha licença não previne isso, eu sou parte do problema.

Não existe "um tamanho serve todos" em software. Conseguimos fazer com que um tamanho caiba num grande número de pessoas, mas não todas. Mas nós podemos dar as ferramentas para que as pessoas ajustem o tamanho para o que elas precisem.