Precisamos conversar sobre a forma como vocês estão se dirigindo com as comunidades.

A uns dois anos, a Movile entrou em contato comigo, por ser organizador de MeetUps locais, para uma "parceria".

Antes de mais nada, eu acredito que preciso esclarecer uma coisa: Como organizador de MeetUps, minha preocupação deve ser com a comunidade: Como a comunidade pode crescer, qual conteúdo a comunidade está procurando e como manter a comunidade unida. Enfim, o foco de qualquer organizador de MeetUp deve ser a comunidade.

Essa "parceria", a qual eu imaginei inicialmente que seria algo como "queremos apresentar o conteúdo que a Movile está produzindo para a sua comunidade" -- algo louvável e que mostraria que a Movile está interessada em compartilhar o conhecimento e mostrar que está aqui para participar da comunidade. Infelizmente, não foi o que aconteceu: Quanto mais pressão eu colocava para saber o que era a parceira, menos informações eu tinha. Até que desisti de continuar a conversa.

Outros organizadores participaram do evento e apontaram exatamente o que era esperado: A Movile estaria abrindo escritório aqui e queria que fizessem propaganda das vagas deles aqui. Nada de "parceira", apenas um "vocês nos dão, a gente recebe".

Ontem recebi um novo email deles, pedindo para anunciar uma oportunidade de estágio deles. Novamente, como organizador de MeetUp, é importante esse tipo de oportunidade, justamente para ajudar aqueles que estão a pouco tempo na comunidade a conseguirem conhecimento fora do grupo. Entretanto, o pedido termina com a seguinte frase:

"Seria incrível ter esse apoio para trazermos cada vez mais pessoas da comunidade de tecnologia para as empesas do Grupo Movile."

Não, não seria. Seria incrível se uma empresa do tamanho da Movile participasse da comunidade; seria incrível se uma empresa do tamanho da Movile tivesse oportunidades com o intuito de compartilhar conteúdo com a comunidade; seria incrível se uma empresa do tamanho da Movile quisesse fazer parte da comunidade ao invés de só tirar proveito da mesma.

Quem quer que seja o responsável pela comunicação da Movile realmente não entende nada sobre comunidades.